Quarta-feira, 17 de Março de 2010
Um anjo na praia de vila velha - es

um anjo na praia da vila velha – es estou republicando esse conto, agora em maio/2006 pois agora o andre está no site disponivel e eu também, só que conosco não rola mais junto, mas pode rolar com voce, se quiser!. Numa dessas tardes de domingo, em que eu estava sem fazer nada, resolvi ir para a praia de vila velha. vou de vez em quando, pois moro em vitória-j.penha. chegando lá fiquei olhando os pescadores e pensando o que trazia ali tamanha paciência. era uma pergunta que eu não conseguia obter resposta, mas enfim, o que eu queria realmente de fato não era ver pescadores, mas sim os peixes que passavam foram da;água. cada gato mais lindo que o outro. eu particularmente adoro peludos, não vou negar. era mais ou menos 19h30 e a tarde já caía em sombria penumbra naquele local mais ermo, quando passou um rapaz fazendo cooper. ele estava somente vestido com uma sunguinha preta bem apertada e um boné vermelho. de longe parecia que ele era estritamente peludo, não dava para observar bem. comecei a olhá-lo e admirá-lo aquele anjo correndo em volta das águas,enquanto eu estava no calçadão apreciando a bela paisagem. ele deve ter notado que minha cabeça o acompanhou, pois ele corria e olhava para trás. eu, como de fato, sempre fui muito tímido. é aquele negócio: se chegar eu converso, mas eu chegar perto: nunca ! o anjinho começou a voltar e eu dei um passo à frente do calçadão para que ele pudese ter noção de que eu estava mesmo a fim de vê-lo de perto. ele começou a vir em minha direção e eu pensei:;o que eu vou falar com ele, quando aqui chegar? ah. deixa pra lá!!!! na hora o assunto aparece. ele aproximou-se e eu pude vê-lo de perto frente a frente. era um rapaz com uma carinha de 17 anos, todo branquinho, bokinha bem desenhada, corpo legal, sem barriga nenhuma, nenhum pêlo, todo lisinho e um trouxão que deixava transparecer sua suposta excitação. ele me perguntou: - oi tudo bem? vc mora por aqui? fiquei meio sem jeito e disse que morava em vitória-es no bairro de jpenha. ele se apresentou com o nome de andré e me disse que no momento estava com pressa, pois estava com amigos na praia e tinha que ir embora. mas fez questão de que trocássemos nossos telefones. ele me passou o celular dele e eu passei o meu numero também. trocamos também de endereço eletrônico (e-mail). ofereci uma carona pra ele, mas como ele estava acompanhado, disse que não podia aceitá-la, mas a proposta seria irrecusável se ele tivesse sozinho. fiquei afoito, notei que ele também sentira algo naquele momento. olha...eu fiquei com aquela imagem na minha cabeça durante uns 2 ou 3 dias, e sempre que voltava na praia, me lembrava dele. passei a voltar ali sempre no mesmo horário, mas não o encontrava. não podia imaginar nunca que um dia eu ficaria com um carinha daquele. todo gostosinho, novinho e tesudo, carinha de criança. eu já tenho meus 36 anos, mas mantenho uma aparência de 28 mais ou menos. sempre que digo 28 passa bem, mas quando adquiro a confiança na pessoa,digo a verdade. tenho 36. passaram-se 2 semanas e novamente numa noite dessas em que eu estava sozinho, olhando a agenda do me celular, vi o número do andré. liguei apenas para dar um toque. recebi o retorno de um número de telefone fixo. supus que fosse da casa dele, e realmente era. ele retornou umas 5 vezes e eu não tive coragem de atender. ele vendo que eu não atendia, ele resolveu me enviar um e-mail dizendo que gostou do meu cartão,(naquele dia que a gente se conheceu, eu havia entregue um cartao à ele com meu nome e nr. de tel, pois sempre levava um comigo) pois nele continha um pensamento bíblico com um fundamento muito bonito. marcamos, por e-mail de encontrar no mesmo local para conversarmos melhor, mas que antes deveríamos manter contato por telefone. liguei para ele e conversamos. foi marcado o local, horário no mesmo dia que ligamos. era um domingo de chuva fina e o horário marcado foi 14hs. cheguei à 13h30 e fiquei esperando até 14h30, como choveu ele se atrasou um pouco. ele disse que viria com um gorro e de calça, pois estava um pouco frio. ele veio chegando, estacionou o carro à beira da praia e enquanto ele andava no calçadão e eu o observei aquele anjinho com o mesmo tesão que tive no dia que nos vimos da primeira vez. dei uma buzinada, de leve, e ele veio ao meu encontro. entrou no carro e perguntou para onde iríamos. eu fiquei sem saber a resposta e ele sugeriu que fôssemos num motel mais próximo, pois ele estava louco de tesão. eu, não acreditava no que ouvia, pois ia ficar com um carinha super-gostoso. entramos no dunas, quarto 104, ele preferiu que eu pedisse uma suíte com hidromassagem. entrando no quarto,ele disse que ia ao banheiro, e eu fiquei procurando um canal de tv, ligando o ar, sintonizando uma rádio, etc. sempre futuco tudo num quarto de motel. andré saiu do banheiro já com a camisa nas costas e me abraçou por trás. não sei dizer o que senti.foi uma mistura de vontade de transar, comer, ser comido, chupar, ser chupado,enfim...o mundo parou naquele instante. fui atirado encima da cama e com os dentes ele ia retirando minha camisa, puxou minha bermuda e com a boca puxou a sunga que fez meu pau explodir pro lado de fora igual uma bomba. deitou-se encima de mim e começou a me beijar. fechei os olhos e deixei o barco ir conforme os ventos mandavam. tirei a roupa dele da mesma forma e observei aquele pau duro apontando pra mim, com a cabeça vermelha, todo gostoso. pele lisinha, bundinha redondinha branquinha com um orifício no centro, o cuzinho era a coisa mais linda que já vi nessa vida. todo lisinho em busca de uma língua, que não deixei esperando muito e já comecei a comê-lo de língua. foi uma loucura!!!!! fizemos um 69 legal, de cu a cu e pau a pau. gemíamos como se estivéssemos sendo imprensados debaixo de um container. andré tinha o hábito de mandar e me dava ordens, dizendo para eu virar de um lado, virar de outro e ele escolheu uma posição maravilhosa onde meu cu ficava bem de frente do espelho e ele mandou eu abrir as pernas. ele pediu que eu cobrisse o pau dele com uma camisinha e me perguntou se eu queria ser comido naquela hora. meu gesto foi rápido, peguei a camisinha e lubrifiquei bem com o gel e ele encostou na minha bundinha aquela vara dura. colocou bem na porta do meu cuzinho e disse para eu relaxar, porque ele disse que não queria que eu sofresse dor nenhuma. com leves estocadas, eu fui abrindo bem as pernas e aquela caceta ia me explorando todo.quando eu fazia cara de dor, ele me beijava na boca com a língua quente e úmida, deixando a baba descer encima da minha cara e me lambendo todo de novo. isso foi me excitando cada vez mais, e a caceta já havia passado mais da metade pra dentro. eu comecei a ter contrações anais e ele ficou louco. começou aquelas estocadas de vai e vem e ele me pediu que eu olhasse no espelho. eu via aquele pau entrando e saindo de dentro de mim e só os ovinhos do lado de fora, era o limite para que não entrasse mais. fiquei louco. foram em torno de 40 minutos e foda em todas as posições. ele dizia que queria ver meu cu arrombado, todo estourado e fudido. e de fato estava mesmo, porque ele havia trago um consolo e começou a enfiar aquilo dentro de mim também. confesso que não gostei muito do consolo, mas ele tirava e coloca o pau novamente. e fez esse ritual até não agüentando mais pediu que eu chupasse o peito dele, deixando babar bastante e molhá-lo todo. fiquei louco com aquilo, aquele peitinho durinho, branquinho, sedento da minha língua voraz. ele foi se masturbando até gozar e na hora do gozo, encheu minha cara de porra. depois passou a língua na minha face e me beijou. sentimos juntos o gosto do prazer. nunca vivenciei uma coisa dessa na minha vida, parecia que eu estava sendo desvirginado naquela tarde chuvosa e sombria. isso para mim, foi a maior loucura que já tive. nunca ninguém havia babado na minha boca, gozado na minha cara e esporrado depois beijando tudo. o que parecia nojo, tornou-se prazer e ele estava completamente entregue a mim e eu a ele. fomos para hidromassagem tomar um banho legal, onde ficamos conversando sobre alguns assuntos. passado uns 20 minutos ele quis voltar para o quarto e deitando eu comecei a chupar o pau dele novamente. ele chegou bem perto do meu ouvido e perguntou o que eu queria fazer. ele também queria sentir aquela caceta dura minha sendo enterrada no rabo apertado e tesudo dele. eu disse à ele que queria fuder mais e que naquela tarde eu seria a puta mais vadia e tesuda do mundo, só pra ele. ele não se conteve e começamos novamente a trepada. não sei se foi falta de lubrificação, ou se meu cu já estava inchado de tanto levar caceta, mas senti um pouco de dor no começo . depois a dor se misturou com o prazer e a foda deu continuidade. ele adorava ver o pau metendo e sentia prazer em ver minha bunda sendo comida. a todo momento ele dizia: - que cuzão cara! porra ! que cu !nossa ... to com um tesão filha da puta! quero te pocar todo! vai putinha, toma nesse cuzinho viado. sou teu macho ou não sou? toma porra !!!!! eu enlouquecia com aquilo tudo. ele dizia horas com voz de domínio, horas com voz meiga. eu pedi que ele gozasse dentro de mim, eu queria sentir o prazer dele jorrando aquela porra quente dentro do meu cu, (ele estava de camisinha...!). ele disse : - calma putinha. vou encher sua gruta de porra agora...toma caralho !!!!!!!!!!!! e gozou ! gemeu mais forte ainda. parecia que estava desfalecendo aos poucos e depois da gozada ficou durante uns 5 minutos deitado encima de mim, me perguntando o que eu senti .eu não sabia explicar. aquele carinha tesudo de 21 aninhos, cabelo de thiago lacerda, todo lisinho, suado de tanto fuder, branquinho,marquinha de sunga, cheiroso, tesudo, carinha de neném, havia me proporcionado a foda mais deslumbrante que eu já vi nos últimos anos. como já se pasava das 18hs tivemos que ir embora e saímos do motel debaixo de uma chuva fina. ele me pediu que enviasse um e-mail para ele dizendo o que tinha achado da foda, e que se houver a próxima vez, ele queria ser a putinha também . ele ficou louco me chupando, mas fez isso muito bem na primeira fase, antes do nosso banho de hidromassagem, depois ele voltou como macho completo e me virou do avesso debaixo daquela pica deliciosa de 18cm que me fez ter uma tarde inesquecível. já trocamos alguns e-mail, mas ele disse que no momento está muito ocupado com os afazeres de faculdade e de final de ano. mas logo...logo ele vai marcar outra foda e já estou ansioso para saber quando será, pois meu pau e meu cu, estão 24h à disposição dele. passaram-se os meses, ele sumiu, até que eu o encontrei na praia novamente, mais ao fundo da praia, bem no local da pegação. ele passou, me cumprimentou e eu correspondi, mas dei a entender que não queria ficar com ele. desviei o olhar e ele ficou parado em minha direção. hoje ele coloca anuncio no gaydar, vi a foto dele, 3 anos se passaram, de vez em quando eu o vejo fazendo caminhada no calçadao daquela praia, mas não me vejo mais com aquele anjinho, pois muita coisa mudou . tenho email e cel dele, mas não tenho coragem de marcar outra transa, talvez porque ja sei como\'será...os fetiches dele, as orgias, e eu não sei se suportaria, porque da primeira vez era novidade, agora já seria tudo premeditado. curto um sexo normal, legal e gostoso, discreto e sadio e voce pode me escrever pra gente se conhecer, mas por favor não me peça nada dele ( email, cel) pois o sigilo é a alma do negócio. ele agora tem contato no site disponivel e esta mais gostoso do que nunca. quem sabe o proximo conto aqui poderá ser o meu com voce? meu e-mail para esse conto real é: luizvix@gmail.com

Fonte: Contos eroticos



publicado por relatossecretos às 13:55
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim
.Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
16
17

18
19
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Eu, Marcelo e meu corninh...

. Inquilina pagando aluguel...

. Minha mulher para o vizin...

. Estuprada pelo padastro

. Realidade virtual

. Sexo no estudio de tatuag...

. Eu e minha mulher satisfe...

. Transei com um casal...re...

. Violado por 2

. Meus alunos são um tesão-...

.arquivos

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

.links
.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds